quinta-feira, 23 de junho de 2016

A volta dos que não foram!!! E o desmame

Aê finalmente achei um tempo para escrever aqui. Depois de deixar o blog abandonado por quase um ano estou decidida  a voltar.

Eu acabei ficando sem meu notebook e não me entendia muito bem com o Windows do PC do marido, mas agora que já treinei bem escrevendo meu TCC e os dois últimos relatórios da faculdade hoje resolvi vir vim escrever.

Mas acabado as desculpas vou contar sobre um marco difícil na maternidade: O desmame.

Eu amamentei a Stella na minha teta de forma exclusiva, sem nunca complementar até os seis meses, e depois da IA, continuei dando o tetê dela da mesma forma. Eu nunca duvidei da minha capacidade de produzir, a Stella acordava a noite para mamar até os 15 meses e nos íamos nessa vibe muito bem.

Aí em Fevereiro desse ano me chamaram numa empresa onde tinha levado currículo no ano anterior e eu falei porque não? E fui trabalhar, mas o négocio é que trabalhava das 07 as 18 com duas horas de almoço e a Stella ficava com a avó, e a minha mãe dava tudo que ela queria, e quando eu chegava ela grudava na teta e não almoçava. Foi virando um ciclo sabe.

No fim eu acabei saindo do serviço porque não era muito o que eu queria, e eu precisava fazer os estágios. E eu comecei a notar que eu não tinha mais leite. Quando você amamenta começa a conhecer quando seu peito enche e eu não sentia mais encher. A Stella colocava na boca e em 5 minutos largava. Falei ai tem. 

E eu comecei a luta para Stella pegar a mamadeira. Ela nunca pegou, desde que ela tinha 7 meses eu tentava e nada. Eu tentei o NaN, o ninho, leite puro, com mucilon, com achocolatado e nada. Mas agora era necessário porque ela ia acabar sem mamar.


Nesse tempo meu seio direito já tinha secado totalmente. A Stella já não aceitava nem colocar a boca nele, e comigo em casa comecei a oferecer para ela mamar só duas vezes por dia. Mas a bichinha fala, e ficava "mama mamãe por favor", ai acabava que ela mamava e na hora de dormir não tinha leite e ela não dormia e ainda acordava de madrugada.

Um dia, numa semana super estressante, a Stella pediu para mamar e eu dei o peito, ela colocou a boca e falou "Acabou mamá" e foi o dia oficial do desmame. Com 1 ano e 8 meses.

Graças ao bom Deus ela acabou pegando a mamadeira (com o pai dela), e hoje mama só para dormir. Vou escrever em outro post sobre a alimentação dela porque esse assunto vai render.

E olha a carinha sapeca:

6 comentários:

  1. Que linda que ela está!
    desmame nunca é facil né? Alguém sempre acaba sofrendo um pouquinho mais, mas que bom que no fim ela entendeu que o mamá acabou e aceitou a mamadeira.
    beijos em vocês duas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graças a Deus senão teria sido muito pior.

      Bjoo

      Excluir
  2. Que bom que voltaram,fico muito feliz :)
    Stella esta linda!
    Aqui o desmame foi muito difícil pra mim rsrs
    Apareçam sempre!
    Beijos
    http://www.simplesedoce.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita. Prometo não sumir mais

      Bjoo

      Excluir
  3. Como já esta grandinha... Uma gatinha! Bom te-la novamente por aqui. Beijos!

    ResponderExcluir